Diretor escolar: qual é o seu desafio?

Por Sônia Barreira – Diretora pedagógica do Fundamental II e do Ensino Médio, e formadora de diretores

Filha, neta e sobrinha de diretores de escola, eu só tinha uma certeza na adolescência: não queria ter a mesma sina familiar! Diretora de escola era, para mim, alguém que só tinha problemas a enfrentar.

Minha trajetória na Escola da Vila foi da sala de aula para a direção. Nestes 31 anos, fui professora de educação infantil, de Fundamental I, orientadora e coordenadora. Há vinte anos, estou na direção e pude, com a colaboração de meus pares, compreender a função de gestora escolar de modo muito distinto daquele que vislumbrei em minha juventude.

O gestor enfrenta problemas, certamente. Mas eles são, em sua maioria, desafios instigantes, que nascem diariamente do pulsar de uma instituição dinâmica e complexa, cuja missão central é linda e apaixonante: a formação das novas gerações.

Nesses anos intensos de aprendizagem, a Escola da Vila construiu um projeto pedagógico consistente que é referência para inúmeras escolas e educadores de todo o país. Todos sabem que, anualmente, recebemos em nosso Centro de Formação grande número de profissionais da educação que nos procuram para conhecer o trabalho que aqui concretizamos.

Nos últimos seis anos, por meio do Centro de Formação, passamos a oferecer aos gestores escolares um espaço para estudo e troca de experiências: a Assessoria em Gestão Escolar. Desde então, tenho tido a honra de partilhar com colegas diretores de instituições variadas a experiência que acumulamos na Vila.

Desta forma, abordamos temas diversos, desde o papel do gestor, o desafio de garantir a inovação, a necessidade de aprimorar a área de comunicação institucional, a gestão do trabalho com as famílias, e mais recentemente a área de recursos humanos. Em quatro encontros anuais, procuramos sempre garantir a presença de especialistas no tema, aproximando a escola dos conhecimentos acumulados por gestores de outras organizações.

Mas, independentemente do tema, o desafio maior para todos os participantes, sejam eles diretores de pequenas ou de grandes escolas de São Paulo, Recife ou Porto Alegre, é não perder de vista que o diretor escolar não é um gestor de problemas. Sua tarefa central é a de fortalecer o trabalho pedagógico de sua instituição e, para tanto, é preciso ter liderança, pensamento estratégico e conhecimento.

O grupo de diretores que nos acompanha cresce a cada ano. Por meio de trocas, debates e estudos, estamos construindo também uma rede de relacionamentos profissionais, diminuindo, assim, o isolamento que o diretor habitualmente enfrenta em seu local de trabalho, com poucos colegas ou nenhum na mesma função.

No próximo ano, o grupo de gestores escolheu como tema o trabalho com as novas tecnologias da informação e da comunicação, outro desafio inevitável a todas as escolas. As pautas dos encontros envolverão, portanto, as condições institucionais, que precisam estar asseguradas pelo gestor para a utilização das tecnologias em suas escolas na dinamização tanto dos processos de ensino/ aprendizagem quanto no projeto formativo interno. Até lá!

3 ideias sobre “Diretor escolar: qual é o seu desafio?

  1. Comecei a leitura deste blog com um sorriso, diante do que estava escrito nas primeiras linhas, e terminei com o mesmo sorriso, porém, com a certeza de estar no caminho ceto. Participamos do ZDP neste ano e espero estar aí novamente em 2012. Ouvir de alguém que está no cargo de direção a um bom tempo que ainda deseja fazer desse o seu trabalho me anima muito, mesmo! Estou começando agora nesta empreitada, sinto o desafio a cada dia, mas com um suporte deste, fica mais fácil de encarar! Beijos e obrigada. Até lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>