DIÁRIO DE BLUMKA

por Lucas Meirelles

“Literalmente, acabou de chegar!” 🙂

“Diário de Blumka”, lançamento da autora Iwona Chmielewska, traz uma adaptação do diário da menina Blumka que, junto de outras 200 crianças viveu sob os cuidados de Janusz Korczak (1878-1942). As ilustrações são de uma delicadeza e uma sofisticação muito grandes. Tantos detalhes e tanta simplicidade. A poesia perpassa as palavras e as imagens.

Korczak, dentre outras tantas profissões/ vocações, foi pedagogo e teórico de educação e dirigiu um orfanato (descrito no livro). Lá as crianças tinham tamanha autonomia que um tribunal onde as decisões eram tomadas pelas próprias crianças foi criado. Pela leitura do texto a paixão pela educação e, principalmente, pelas crianças vai aumentando.

CHMIELEWSKA, Iwona. Diário de Blumka. São Paulo: Pulo do Gato, 2017. 70 p. ISBN 9788564974807

MÔNICA É DALTÔNICA?

por Lucas Meirelles 

A Turma da Mônica vem ganhando nova roupagem. Desde 2015 apareceram álbuns com histórias antigas da Turma com ilustradores que não os  habituais dos estúdios Maurício de Sousa.

“Mônica é daltônica?” (1970) é o primeiro da série e inaugura com o traço de Odilon Moraes. Os diálogos são em grande parte respeitados com o original,  mas as personagens estão um pouco diferentes do que estamos acostumados. No final da história aparecem esboços do novo ilustrador e imagens das  histórias que saíram no gibi da época. A história começa com os meninos, capitaneados por Zé Luís (irmão da Mônica), bolando um ~plano infalível~  para enganar a Mônica e fazer com que ela pare de bater nos outros.

É muito interessante pelo fato de fazer uma troca de formatos: sai de histórias em quadrinhos e chega transformado em literatura. O modo de leitura  muda, pois não há quadros, balões e um sistema para ler, assim como expande as ilustrações, trazendo novos significados para a obra.

É um bom modo de ler Turma da Mônica. Quem não conhece, passa a conhecer as personagens e quem já conhece, se deleita com a lembrança da  história.

SOUSA, Maurício de. Mônica é daltônica?. São Paulo: Companhia das Letrinhas: Maurício de Sousa Editora, 2015. 47 p. (Turma da Mônica).

AUTOCRACIA

por Lucas Meirelles

Autocracia

Autocracia é um livro de histórias em quadrinhos. Mas não histórias em quadrinhos como estamos usualmente habituados a ler. Não há aqui heróis, personagens complexos, uma sequência lógica de história; não há aventura, humor. Como uma crítica ao advento dos automóveis na vida cotidiana, ou uma explicação do porquê vive-se  correndo, o autor Woodrow Phoenix cria imagens de estradas, ruas, curvas, placas, estacionamentos e calçadas para falar do seu tratado sobre “velocidade, poder e morte no mundo motorizado” (subtítulo da capa).

Uma característica notável nesse livro são os “estudos de caso” narrados entre curiosidades sobre as leis de trânsito no Reino Unido e Estados Unidos. São histórias de, como frisa o autor: “acidentes” em que percebe-se quais os papéis de executor e vítima e como a sociedade reconhece ambos.

Livro para ler e repensar, ler e discutir.

PHOENIX, Woodrow. Autocracia. São Paulo: Veneta, 2014.