DE CARA PERCEBI QUE TINHA PIRATAS

Gostei da capa. De cara percebi que tinha piratas. Quando vi “horrendo” na capa, achei que fosse o pirata, mas Horrendo era o garoto que estava na prancha. Eu gostei porque tem situações no livro que mostram que não tem um jeito só de tratar as outras pessoas. Umas mudam outras não. Por exemplo, Horrendo estava com uma maldição. Com essa maldição ele descobriu outro jeito de tratar as pessoas sem ser pelos palavrões ou insultos.

Caio, 11 anos, ao devolver A maldição de Horrendo iniciou a saga Gatos Guerreiros.

Título: A maldição de Horrendo

Autor: Anna Fienberg

Editora: Brinque-Book

158 p.

O BOM DE COLEÇÃO? SEMPRE TEM PRÓXIMO

Eu terminei meu livro no sábado e queria ler mais. Minha mãe que me fez começar a ler Harry Potter. Ela me deu o primeiro. Eu gosto de livro de aventuras surreais, e aí tive vontade de ler o segundo. Isso é o bom de coleção: você fica lendo, fica lendo e tem o próximo.

Tais, 9 anos.

Título: Harry Potter

Autor: J. K. Rowling

Editora: Rocco

 

JARDINS E PASSARINHOS

– Eu gostei porque eu gosto do parque do Ibirapuera e gosto da árvore da cerejeira. – comenta Ana Clara.
– Eu gostei porque fala de passarinho que eu acho um animal muito bonito. – comenta Sara.

Ana Clara, 8 anos, com Jardins de Haijin e Sara, 8 anos, com Conversa de passarinho.

Titulo: Jardins de Haijin
Autor: Alice Ruiz S

Editora: Iluminuras

63 p.

Título: Conversa de passarinhos : haikais

Autor: Alice Ruiz S, Maria Valéria Rezende

Editora: Iluminuras

77 p.

 

 

CONSEGUIR VER O OUTRO LADO DO MUNDO

Eu vi que era a história de alguém (lobo azul) que só vê o mundo de um jeito e quando ele encontra o menino, ele consegue ver o outro lado do mundo. O lobo se sentia mal por ter sido capturado e não ter conseguido fugir. As coisas no mundo podem acontecer diferente do a gente deseja, imagina. Isso me fez lembrar como as pessoas só veem as coisas de um jeito. Elas têm que observar o outro lado do mundo.

Mariana, 11 anos

Título: O olho do lobo

Autor: Daniel Pennac

Editora: Melhoramentos

91 p.