#35anosescoladavila

Por Andrea Aly

Me lembro do primeiro dia em que entrei na escola. Eu estava procurando uma vaga para estagiar na educação infantil e fui recebida pela Vania e pela Dayse. Lembro desse dia, do clima agradável que senti ao observar as crianças brincando e passando pela sala com piso colorido onde eu esperava.

andrea

Na reunião, uma pergunta: mas o que a Escola poderia te oferecer? Visto que eu já havia me formado, acabado de casar, estava voltando de um ano na França e pleiteava uma vaga de estágio na educação infantil. Respondi: preciso conhecer este universo, viver isso e entrar de cabeça nas questões que envolvem a infância e a arte.

Assim, comecei minha jornada que, neste ano, somam 8 anos de Escola.

andrea

Passei de estagiária de sala para professora de arte, comecei a dar cursos no Centro de Formação, tive minhas duas filhas e estou nesta delícia a todo este tempo!

Uma das coisas que mais me chama atenção na Escola ainda hoje é a qualidade crítica que os alunos da Vila possuem. Quando fazemos visitas a museus ou nas aulas de apreciação que pude presenciar, fico sempre muito emocionada com os comentários deles e a capacidade de observar, analisar, refletir e discutir sobre arte.

andrea

Outro ponto muito importante é a quantidade de gente especial que a Escola envolve. Uma equipe incrível, uma comunidade extremamente competente e envolvida, uma escola de primeira!

andrea_3

Continuo muito feliz em poder fazer parte de tudo isso e de estar perto das crianças fazendo-os felizes durante esses momentos tão especiais que são as aulas de arte­­!

2 ideias sobre “#35anosescoladavila

  1. Na sua licença maternidade eu observei como as crianças te respeitam, Andréa! Elas são bem identificadas com o seu jeito de fazer as coisas… Eu me perguntava muitas vezes: –Como a Andréa faria isso? Vejo uma trajetória longa aí… Nos vemos amanhã na Vila Literária! Beijos, Penha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *