Ajude a Vila a ampliar sua diversidade

Por Sonia Barreira, direção geral

Em 7 de dezembro de 2018 apresentamos, neste blog, o Projeto Ampliar, iniciativa que tem como objetivo central a ampliação da diversidade social em nossa escola.

Em nossa análise, uma escola como a nossa, em que se realiza um trabalho pedagógico artesanal, pautado nas inter-relações pessoais e sempre atento à singularidade de cada aluno, o alto custo impossibilita a participação de jovens de famílias de baixa renda. Essa seleção indesejada é também responsável pelo pequeno número de estudantes afrodescendentes, indígenas ou migrantes. Nossa intenção, portanto, foi construir um mecanismo consistente e duradouro, promotor da ampliação das oportunidades escolares, para além de nossa comunidade atual, mais diversa e democrática.

O Projeto Ampliar teve sua primeira etapa ao longo de 2019, com a matrícula de dois jovens que passaram pelo processo seletivo, no qual se procurou identificar a capacidade de aderir a educação formal, a curiosidade e o interesse em estudar e investir em sua formação pessoal.

Este ano para nossa equipe, esta etapa inicial foi uma espécie de projeto piloto, que nos permitiu entender melhor as necessidades que uma integração desse tipo demanda. O financiamento desse projeto foi feito por doadores que entenderam estar oferecendo uma importante oportunidade para esses jovens, e vale destacar que, além do acesso ao curso do Ensino Médio, os jovens bolsistas receberam também: um computador para suas atividades escolares, as refeições na nossa cantina, o apoio de tutores ex-alunos que doaram seus tempos de trabalho para o projeto e toda atenção necessária de nossa equipe de profissionais.

O resultado positivo, de entrosamento e superação dos desafios acadêmicos por parte dos alunos bolsistas, nos encorajou a aumentar o número de vagas para o Projeto no próximo ano. Observamos que, com apoio e diálogo, os jovens desenvolveram novos procedimentos de estudo, estiveram atentos às atividades complementares e se envolveram bastante com as atividades extras que receberam no contraturno com os tutores ex-alunos.

Em 2020, além dos atuais alunos bolsistas que irão para o 2º ano do EM, abriremos mais seis vagas para o primeiro ano do Médio. Esse número pode até aumentar, pois o compromisso da Escola da Vila é aportar no projeto o mesmo valor financeiro que conseguir captar de doações.

No dia 19 de outubro, como resultado da parceria construída com escolas públicas da rede municipal de ensino da região por meio da  Diretoria Regional de Educação do Butantã  – DRE BTT, recebemos em nossa unidade Morumbi 53 alunos interessados em participar do processo seletivo, organizado desta vez pela própria equipe da Vila e com a participação intensa de ex-alunos tutores que desenvolveram as dinâmicas de integração e acolhimento. 

Foram muitos alunos que se dispuseram a perder o sábado em provas para obter uma chance de estudar aqui. Muitos vieram acompanhados por suas famílias.

Importante salientar que valorizamos imensamente as escolas públicas e desenvolvemos mecanismos para contribuir com a qualidade destas escolas sempre que possível. Um exemplo importante é o programa implantado no Centro de Formação de Educadores da Vila, onde elaboramos frequentemente editais para a concessão de bolsas integrais para professores das redes públicas de todo o país. No entanto, entendemos que nosso programa Ampliar se justifica como mais uma forma de contribuir com a formação de alunos críticos e engajados em função do diferencial do projeto pedagógico desenvolvido aqui em nossa escola.

Nosso projeto tem como característica máxima os valores de autonomia intelectual, que visa a formação de alunos que possam ler o mundo de forma crítica e com intuito de gerar mudança no sentido de maior justiça social. O segundo valor da Vila é o conhecimento, pois é ele o instrumento de poder que possibilita as mudanças sociais necessárias. E, por fim, o valor da cooperação como essencial para a educação que praticamos, que implica conceber a diversidade como fator inerente à transformação social.

Para que possamos levar adiante este programa e garantir o acesso anual de 6 a 10 novos alunos de baixa renda, queremos contar com a participação de nossa comunidade. Lançamos um site que coleta contribuições variadas, para todas as possibilidades financeiras. Pedimos apoio para itens como a compra de um livro, as refeições mensais e vamos até o valor da anuidade escolar. Para cada contribuição recebida, nossa instituição se compromete em doar o mesmo valor recebido.

O comitê de famílias, que se reúne sistematicamente com a direção, sugeriu também que, no próximo ano, os eventos e as atividades realizadas na escola possam incluir formas de arrecadação para essa importante iniciativa, e assim o faremos. Se você tiver uma boa ideia de como contribuir para essa arrecadação, não deixe de nos avisar.

Para doar itens do programa, acesse nosso site especialmente criado para isso. Se quiser patrocinar a anuidade escolar, ou indicar uma pessoa ou instituição para participar do patrocínio, escreva diretamente para wanilda@vila.com.br, que nossa embaixadora Wanilda Tieppo entrará em contato com você e irá até o possível patrocinador apresentar nosso projeto.

Ajude a Vila a ampliar sua diversidade, todos sairemos ganhando.

9 ideias sobre “Ajude a Vila a ampliar sua diversidade

  1. Meus parabéns pelo projeto! Além da doação financeira, há outras formas de, nós pais, ajudarmos esses alunos? Por exemplo, reforço escolar/monitoria? Obrigada!

  2. Incrível essa proposta! Fiquei muito emocionada e feliz com essa iniciativa. Tenho muito orgulho de ter escolhido a Escola da Vila para a minha filha. Vcs realmente podem fazer diferença na construção de uma sociedade mais igualitária. Agradeço imensamente por esse olhar.

  3. É com alegria que leio essa notícia, mais do que necessário que se abra estas possibilidades, e mais ainda, que se amplie as ofertas, inclusive para alunos que ingressem no fundamental 1, para que se crie mais representatividade.
    Conte com a gente para pensar e ajudar a viabilizar possibilidades de construir pontes para atravessar esse nosso fosso social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *