Critique em um instante

Por Claudia Aratangy, direção do Centro de Formação da Vila

De grandes grupos jornalísticos como Folha, Estadão e Globo a profissionais liberais e autônomos, versando sobre assuntos que vão do noticiário político a previsões astrológicas, passando por futebol, feminismo, humor e até investimentos e finanças – os podcasts estão bombando. Definitivamente, 2019 é o ano do podcast no Brasil – pesquisa recente mostra que o consumo de podcasts cresceu 67% em um ano.

Alguns definem essa nova moda com um velho conhecido – o rádio – só que agora com a diferença de ser à la carte, pois você escuta onde e quando quiser.

E o áudio ainda leva vantagem sobre os textos escritos e sobre os vídeos: como você não precisa dos olhos, enquanto ouve, pode dirigir, andar ou se ocupar de outros afazeres sem se atrapalhar ou correr o risco de se machucar.

Em julho deste ano, nós, do Centro de Formação da Vila, quando começamos a conceber nosso canal, notamos que não havia nada do gênero na área de educação.  Encontramos sim, um áudio aqui, outro ali, mas nada que pudesse ser chamado de “canal”.

De modo que nos apressamos para ser os primeiros. Lançamos no início – vale dizer, antes que a Folha e o Estadão o fizessem.

O intuito do nosso Critique em um instante é trazer temas para reflexão. Não queremos nos limitar a temas ou projetos de sala de aula ou da escola. Buscamos nos posicionar em relação a assuntos que afetam a educação de modo direto ou indireto. Assim, convidamos educadores e outros especialistas a gravar suas análises a partir de notícias, vídeos, filmes, artigos científicos, pesquisas, reportagens, prêmios ou eventos. Em um instante – que pode ir de 3 a 8 minutos – nosso convidado desenvolve a arte de discernir, apresentando o conteúdo e se posicionando diante dele, buscando apresentar um ângulo novo para velhas questões ou resgatar antigos princípios para analisar novas questões.

Desde que começamos, já foram 30 áudios tratando das implicações da inteligência artificial, papel do professor, questões de gênero na escola, diversidade e práticas inclusivas, jovens e juventudes, sustentabilidade, formação de professores, entre muitos outros. Buscamos diversificar os sotaques convidando educadores da Escola da Vila, da Escola Parque, Escola Viva e da Balão/Mangabeiras e, agora, também da Apoio – assim como reforçar o time com especialistas de outras áreas de conhecimento.

Acreditamos que o posicionamento crítico, a argumentação pautada em princípios e o conhecimento de causa colaboram para fomentar o debate de ideias tão necessário ao convívio democrático.

Assim, convidamos a todos a acompanhar nossas publicações, comentá-las e divulgá-las. Estamos no blog do Centro de Formação e também nas plataformas Deezer, Spotify, SoundCloud, Radio Public, Breaker, Google Podcast  e Apple Podcast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *