O cenário muda.

Por Francisco Eduardo Bodião (Chicão) e Helena Andrade Mendonça

Ano novo, momento de recomeçar, mas também, de renovar-se e iniciar novos projetos… Temos a tarefa de falar de uma novidade da escola para os alunos dos terceiros anos do ensino médio: a possibilidade do uso dos próprios dispositivos de acesso à internet em sala de aula. A escola já oferecia notebooks aos alunos e professores conforme a necessidade de uso, mas quando falamos do uso dos próprios notebooks, netbooks ou tablets, a coisa muda de figura.

São muitas as novidades tecnológicas e diversas as previsões futurísticas para uma sociedade que é cada vez mais virtual. Como escola, estamos sempre acompanhando discussões e avaliando tendências, mas principalmente investindo cada vez mais na capacidade de nossos alunos acumularem repertório, compartilharem estratégias e desenvolverem senso crítico para administrarem o volume de informações, cada vez mais frenético, das redes sociais, conseguindo selecionar aquilo que for do seu interesse. Esta iniciativa acompanha um cronograma interno de maior inserção no mundo virtual, que respeite e seja coerente com o projeto pedagógico da escola.

Com os alunos do ensino médio, já avançamos muito com essas ações, garantindo inclusive uma maior relevância para a interação virtual, entre professores e alunos com o uso do AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) da Escola. Além disso, diversas ações de formação do professor, com o acompanhamento de assessoria externa, têm sido propostas com o objetivo do uso significativo das tecnologias nas práticas de sala de aula. Entendemos que esse uso traz benefícios ao processo de ensino e aprendizagem quando traz novas possibilidades de interação mediando a relação entre aluno, professor e conteúdo, organiza e registra o percurso, permite um maior acompanhamento do aluno pelo professor e amplia ainda mais o repertório de ambos.

Em  2012 iniciamos outra etapa de nosso cronograma interno, os alunos dos 3ºs anos poderão usar seus equipamentos pessoais para fazer seus registros, pesquisas e acompanhar as aulas. A primeira preocupação que ocorre a nós todos (pais e professores principalmente) é como administrar a indisciplina virtual em sala de aula, essa será mais uma preocupação a ser incorporada à nossa rotina. Apostamos principalmente na maturidade de nossos alunos e na preocupação pessoal de cada estudante em potencializar seu aprendizado e estratégias de estudo,  no ano em que encerram sua escolaridade básica e apostam em seus projetos pessoais e de ingresso na Universidade.

Contamos com problemas, sempre,  pois essa é uma condição inicial para qualquer planejamento, principalmente no que se refere a atividade educativa. As surpresas e o inusitado são elementos de reflexão  da equipe e de nossos alunos  para o enfrentamento das dificuldades e a construção de soluções com o maior grau de consenso e discussão possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *