Conversa de professor.

Por Sônia Barreira

Esse é o título da revista que a Escola da Vila acaba de lançar com oito artigos de professores da nossa equipe, frutos do trabalho reflexivo apresentado no último Simpósio Interno.

Esta iniciativa concretiza um desejo antigo de socializar com outros educadores o conhecimento pedagógico produzido na escola. O Centro de Formação atua intensamente em todo o país com este objetivo, mas a publicação é sem dúvida uma ampliação importante desta missão institucional.

A tiragem de 2.500 exemplares foi distribuída gratuitamente para os participantes da programação de férias de julho, para a equipe interna e os demais exemplares serão oferecidos aos participantes das próximas programações de setembro e janeiro.

Para alguns, pode parecer relativamente tranquilo escrever sobre o próprio trabalho, mas quem já passou por isso sabe que não é! Há inúmeros obstáculos a serem vencidos.

O primeiro e mais sério elemento que dificulta esta tarefa é o tempo, carrasco de todos no mundo atual e fatal na vida escolar. O professor tem de encontrar tempo para se distanciar – ainda que minimamente – de seu fazer diário, para analisá-lo, buscar ou retomar as referências teóricas que o sustentam, encontrar um aspecto relevante de investigação, coletar os dados, refletir sobre eles, organizar o discurso, preparar uma apresentação para seus pares, inserir possíveis contribuições de seus interlocutores, rever o texto, e assim, sucessivamente, até um momento em que o prazo acaba, para colocar fim a um processo que poderia ser interminável!

Aceitar este desafio é muito mais do que realizar uma tarefa proposta pela escola, por tratar-se de um âmbito do trabalho docente que implica um grau de comprometimento profissional e enfrentamento pessoal que coloca em jogo a própria competência docente.

Felizmente, pudemos constatar no processo de seleção dos textos para esta publicação, que o conjunto de textos produzidos continha um grande número de trabalhos de qualidade. O tamanho da revista, no entanto, impôs restrições, nos obrigando a buscar critérios de diversidade temática, de faixa etária e representatividade; tarefa que ao final, possibilitou a constituição de uma mostra significativa do conhecimento pedagógico produzido pela equipe.

Alguns destes trabalhos renderam outros frutos aos autores. Os textos de Miruna Genoino e Ana Cláudia Santos Nicolau,  que referem aspectos desenvolvidos em suas respectivas monografias para o curso de  Pós-Graduação da Escola da Vila, foram selecionados para apresentação no II Simpósio Internacional sobre o ensino de Língua Portuguesa, realizado em Uberlândia/MG, entre os dias 30 de maio e 1 de junho e recebidos com grande reconhecimento pela comunidade acadêmica ali presente.

Nesta semana  recebemos a notícia auspiciosa de que dois outros trabalhos, também presentes na revista Conversa de Professor, foram  selecionados para o Congresso Ibero Americano de Las Linguas en la Educacion e Cultura em Salamanca/Espanha: o texto de Celina Martins, sobre a escrita em Ciências Naturais e o elaborado por Luisa Moraes e Clarice Camargo sobre o uso de tecnologias em situações de ensino e aprendizagem de Língua Portuguesa.

Luisa e Celina viajarão em setembro para Salamanca, para apresentarem suas reflexões já que Clarice teve – juntamente com outros colegas da equipe –  a oportunidade de mostrar seu trabalho recentemente, na Viagem Pedagógica a Barcelona, ocasião em que o mesmo foi bastante elogiado pelo professor Cesar Coll.

Além de darem ainda mais sentido e significado ao Simpósio Interno, destino primeiro destes trabalhos reflexivos, estes desdobramentos trazem ganhos para todos. Para os professores é uma oportunidade de expandir seus conhecimentos e ampliar suas possibilidades profissionais. Para a escola, a oportunidade de consolidar sua missão de produtora de conhecimento didático, educacional e pedagógico, além da divulgação de sua imagem institucional. E para os alunos, que sem dúvida só têm a ganhar em serem educados por profissionais verdadeiramente reflexivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *