Brincar e aprender entre amigos

Uma Vila de descobertas

Aqui, cada criança é protagonista em um ambiente seguro e repleto de afeto! Assim, ela tem confiança para brincar, se expressar, construir conhecimentos, fazer descobertas por si mesma, resolver problemas, criar, trabalhar em grupo e se divertir muito. Ela também fica mais autônoma, assume responsabilidades e é convidada, constantemente, a exercitar o diálogo em um espaço de convivência saudável.

Desde cedo, a nutrição cultural é planejada com uma seleção criteriosa e bem diversificada. Usamos diferentes linguagens, que incluem arte, música, movimentos, práticas de oralidade, leitura, escrita, o mundo da matemática e uma relação viva com a língua inglesa. O novo idioma faz parte do dia a dia e é abordado de forma lúdica, em diversas situações.

A investigação do mundo natural, a elaboração de perguntas, pesquisas e muita ação envolvem as crianças na fantástica jornada de desejar aprender e desvendar o mundo.

As salas de aula têm vários ambientes que se transformam conforme as atividades e elas ficam cheias de produções das crianças, que se sentem queridas e valorizadas. Na Vila, as salas não são o único local de aprendizagem. Muitas atividades acontecem nos espaços multimídia ou no ambiente mágico da biblioteca. Ou no parque, que lembra um quintal delicioso, e na horta, em que aprendem a plantar, a colher e até a reciclar. Tem ainda a cozinha, onde as crianças interagem com pessoas especiais, que as apoiam nas experimentações culinárias, e o ateliê, que está sempre aberto para a experimentação. Na Vila, toda a escola é das crianças!

Vivência do aprendizado

Ser única e ser entre outras

Por que é tão importante se entender como um entre outros? Para além da constituição da identidade, os sentimentos advindos de perceber-se como parte de um coletivo, de ter um grupo de pertencimento e, assim, ter o primeiro afastamento da família nuclear são experiências humanas cruciais da primeira infância.

A construção de laços de confiança e amizade, a expressão de sentimentos, a vivência de situações desafiadoras e conflituosas, de alguma angústia, num espaço de acolhimento e de mediação adulta qualificada, trazem para a criança benefícios imprescindíveis para sua vida.

Criar, assumindo riscos

Arriscar-se em brincadeiras, em construções, em narrar uma história a outros, cantar, contar, modelar, dançar, escrever… Falhar, tentar novamente e ser encorajado para isso. Reconhecer-se nos olhos de outros, especialmente de professores e pares, e sentir a confiança em suas capacidades de realização. Lidar com o erro de forma saudável e processual e, sobretudo, ver suas iniciativas na solução de situações-problema valorizadas é o que alimenta o pensamento criativo e a coragem de se expressar.

Investigar e ampliar seus horizontes

A curiosidade não se alimenta por si só, ela pode e deve ser instigada. Entendemos que a ampliação dos olhares da criança para o mundo por meio de situações que trazem a cultura do conhecimento nos mais diversos meios é, sim, responsabilidade do ambiente escolar.

A investigação é a força motriz das transformações e ter experiências desde a simples observação de fenômenos, de conversar sobre as coisas, os animais, as plantas, aquilo que vemos, que não vemos, enfim, é propiciado em ambientes ativos e exuberantes em possibilidades de exploração e conversação sobre ideias e descobertas.

Nossas novidades

Ateliê coletivo

Espaço de criação artística nas múltiplas linguagens da infância, central e aberto às explorações infantis de todos os grupos.

Grupos multietários

Juntos e misturados, porque já se sabe há muito tempo que as crianças aprendem mais quando estão entre outras com diferentes habilidades, podem aprender com umas e ensinar a outras, essa diversidade conta muito na Vila!

Projetos de investigação

Cuidar das composteiras, das bibliotecas de sala, do jardim, descobrir como cuidar de uma coleção coletiva, preparar um recital, construir um binóculo para ver colorido ou descobrir se as minhocas são mais rápidas que os caracóis. Por meio de problemas a resolver é que os projetos de aprendizagem acontecem na Vila, professores e crianças construindo conhecimento!

Nossa equipe pedagógica

O valor da equipe profissional que atende a todas essas condições é premissa. A formação que esse educador precisa consolidar é especializada. Sabemos na Vila que não basta gostar de crianças, não basta ter jeito, é necessário estudo contínuo, compreensão das etapas de desenvolvimento que compõem a jornada de aprendizado dos indivíduos nos seus primeiros anos de vida, além de muita reflexão sobre a prática.

Para além do tempo com as crianças, os professores têm tempos de estudo e planejamento da prática, ampliam seu conhecimento por meio de supervisões e cursos e contam com o Centro de Formação da Vila para aprender mais e divulgar o que produzem em nossa Educação Infantil.

Marcas da nossa jornada

Vila Literária

Evento aguardado pela comunidade Vila para a celebração da literatura, da poesia, da metáfora e da arte. Momento de viver a coragem de se jogar em uma produção artística que revela um pouco mais do que somos, de nosso imaginário. Momento de entrar em contato com artistas que fazem do ato de inventar, escrever e contar histórias, recitar poemas ou criar oficinas seu principal caminho no mundo. Momento de celebração da literatura como linguagem que nos constrói, nos diverte, nos emociona e nos informa.

Festival de Música

Quando a gente se reúne e a Vila canta junto, a cada ano, famílias e crianças compartilham repertório aprendido, cultivado, aprendizados com ritmo e profundo envolvimento. E, a cada ano, nova produção, instrumentos e criações das turmas inundam de admiração os olhos e ouvidos dos adultos da escola!

Projetos com a família e funcionários da Vila

As famílias também são bem-vindas! Elas participam ou protagonizam atividades em que contam de suas realizações ou atividades que gostam, as crianças comem quitutes e ouvem histórias de seus avôs e avós; aprendem sobre os afazeres de pais e mães, e recebem visitas de irmãos e primos para fazer diversas coisas juntos. Conhecem também os funcionários e funcionárias da escola, suas responsabilidades e entendem a importância de cada um deles para toda a escola.