Curiosidade ampliada: investigação e produções em diferentes linguagens

Dias repletos de aprendizagens, descobertas e amizades

O currículo da Vila, para as turmas do 1º ao 5º ano, é rico, tem um olhar para a diversidade, possui metas claras e é bem planejado!

Os projetos colaborativos propõem estudos a partir de uma questão orientadora: “Será que as plantas são seres vivos?” ou da sugestão de uma construção prática: “Vamos inventar e construir máquinas-brinquedos?”.

Estimulamos, nas crianças, o prazer de participar, o sentimento de competência, autoconfiança e autonomia. Em todo o fundamental, são realizadas assembleias, em que as crianças resolvem conflitos, aprendem a ouvir e a respeitar opiniões divergentes.

Também propomos, semanalmente, um projeto com séries distintas para ampliar trocas. Os lanches acontecem em sala de aula ou em picnics coletivos sob as árvores!

Em nosso projeto, usamos várias linguagens, inclusive as digitais. Os conceitos matemáticos e seus contextos de uso são explorados de forma lúdica. O erro faz parte da descoberta e, mais do que corrigido, é compreendido para ser superado! As crianças são “leitoras e escritoras” mesmo antes de dominarem totalmente o sistema de escrita. E com a língua inglesa, constroem um vínculo afetivo com o novo idioma!

Na Vila, as propostas em arte são enriquecidas por uma agenda cultural de visita a museus e a outros ambientes de produção artística. E os jogos trazem desafios motores ajustados à faixa etária, desenvolvendo habilidades, cooperação e compreensão das regras e dos aspectos éticos. Todas estas atividades passam por um processo de avaliação qualitativo e baseado em reflexões que levam ao autoconhecimento.

Atenção ao convívio: as assembleias de sala e os relacionamentos interpessoais

A formação que propomos na Vila vai além das aprendizagens escolares: queremos dar oportunidade a cada criança de avançar em sua formação sociomoral, de estabelecer relações de amizade consistentes e duradouras e de dar continuidade ao seu desenvolvimento como sujeito autônomo e responsável. As assembleias de classe são frequentes e apoiam a resolução de conflitos e a compreensão dos dilemas da vida em em coletividade.

Os grupos interséries e o atendimento à diversidade

Propomos semanalmente um projeto organizado com alunos de séries distintas para ampliar as trocas e o atendimento à diversidade de saberes, já que as aprendizagens não caminham somente por faixa etária. O olhar para a diversidade estrutura o planejamento das atividades regulares para que possamos garantir que todos aprendam e tenham desafios.

Lanche, parque e atividades espontâneas: a preservação da infância

O horário do lanche acontece em sala de aula ou em picnics coletivos sob as árvores, com todos os colegas. Logo em seguida vem o momento do parque (recreio), no qual os espaços são explorados intensamente e cada cantinho é descoberto e utilizado! As brincadeiras ganham vida e a cultura lúdica da infância se preserva, mas também se renova a cada ano!

Como as crianças vivem seus dias na Vila:

Resolução de problemas e erros construtivos

Aprender matemática vai além do domínio das quatro operações e das contas armadas. Os conceitos matemáticos e seus contextos de uso são explorados intensamente de forma lúdica e cheia de significado. O planejamento considera a importância da aprendizagem específica, mas igualmente o prazer em participar, o sentimento de competência e a autoconfiança em seu próprio raciocínio.

O erro faz parte da descoberta e, mais do que corrigido, deve ser compreendido para poder ser superado! A perseverança nos jogos e situações de resolução de problemas é estimulada e torna-se acessível em um ambiente em que a matemática está contextualizada e é possível para todos!

Nossa Língua

Na Vila, aprender a ler e a escrever, a falar e a escutar faz parte de um processo que se dá no dia-a-dia em situações cheias de sentido, com o apoio de colegas e professores, em jogos, brincadeiras e em propostas de uso real da língua escrita. Os processos de sistematização acontecem diariamente e são registrados nos cadernos e materiais preparados pela equipe.

As crianças são “leitoras e escritoras” mesmo antes de dominarem totalmente o sistema de escrita! Elas se encantam com a literatura e adentram o mundo escrito com facilidade porque priorizamos o caráter comunicativo e expressivo das práticas sociais de linguagem. As linguagens digitais são amplamente exploradas para que os alunos conheçam os textos multimodais, assim os tablets e computadores começam a serem inseridos nas séries iniciais nas séries iniciais, e posteriormente se tornam ferramentas para a introdução de algumas práticas digitais de estudo.

Um novo idioma abre portas para outras culturas: o inglês na escola

O mergulho em território desconhecido provoca e estimula a curiosidade por outras culturas. A exploração do idioma em contextos variados leva as crianças a conhecerem outros países, outros costumes alimentares, novas músicas, museus, cidades incríveis, brincadeiras novas e muitos livros deliciosos! A construção do vínculo afetivo com um novo idioma é fundamental.

Movimento, o corpo em ação

Nossa abordagem equilibra as brincadeiras espontâneas e as propostas organizadas, visando a consciência corporal por meio da exploração dos limites e das possibilidades dos corpos. Os jogos, que fazem parte da cultura corporal construída na Vila, trazem desafios motores ajustados à faixa etária, bem planejados para o desenvolvimento de força, equilíbrio e técnica, mas que também implicam cooperação e compreensão das regras e dos aspectos éticos que o esporte em grupo demanda. A diversão está sempre presente e a construção de relações interpessoais pautadas no respeito são a tônica de nosso trabalho.

Artes Visuais, Artes do Corpo e Música

Com nutrição artística e criação estética nossas crianças constroem conhecimentos multiculturais e desenvolvem percursos criativos e conectados pela arte. Elas desenvolvem sua potência criadora aprendendo quais são os mecanismos, técnicas e conceitos que permitem construir um projeto de arte, assim como a cuidar do ambiente de trabalho, administrar os materiais e o tempo, formalizar as ideias e a socializar suas produções.

As propostas em Arte, fortemente presentes no currículo, conectam várias linguagens, têm constância e são enriquecidas por uma agenda cultural de visita a museus e outros ambientes de produção artística em nossa cidade.

A escola como espaço de formação do pensamento em uma jornada fascinante!

Projetos

Todas as turmas se envolvem em diferentes projetos de pesquisa, de produção, de construção, em modalidades que demandam atividade intelectual, criatividade e protagonismo onde o que mais vale é a relação que estão construindo com o conhecimento. Aprendem a aprender e a comunicar o que descobrem.

Rede do Saber

Destaca-se por inverter a ordem e colocar alunas e alunos para atuar como verdadeiros professores de seus colegas, em temas de escolha que os levam a ressignificar suas preferências e potencialidades.

Propostas Integradas

Juntos e misturados entre turmas e séries, aprendem em dinâmicas que criam desafios ótimos nos quais a cooperação de diferentes saberes faz com que cada uma e cada um avance naquilo que mais precisa, naquilo que é uma desafio importante a ser superado.

Tutorias

Aqui na Vila, experiência é valorizada e crianças aprendem com tutores, colegas mais velhos em geral, em propostas nas quais se estreita o coleguismo e o reconhecimento de que todos sabemos e aprendemos melhor e de forma mais duradoura quando impactamos o outro com nosso conhecimento. Aprende-se mais quando se está envolvido em ensinar!

Vila Literária e muitos eventos preparados com a comunidade

Um conjunto de eventos próprios ao segmento é proposto para estreitar vínculos entre famílias, alunas e alunos e o conhecimento nas suas diferentes manifestações. O envolvimento na produção dos eventos deixa marcas duradouras, forma culturalmente mentes instigadas e para o mundo, isso conta muito!